CONTATO 

credit_Ian_Saunders.JPG

foto: Ian Saunders

tom.lisboa@hotmail.com

instagram @tomlisboa

SOBRE TOM LISBOA

Tom Lisboa tem Mestrado em Photography and Urban Cultures, pela Goldsmiths, University of London e Mestrado em Comunicação e Linguagens, pela Universidade Tuitui do Paraná. Atua como artista visual , professor de cinema e fotografia, curador independente e está radicado em Curitiba desde 1987.

Em 2020, recebeu, do estado do Paraná, o Prêmio de Reconhecimento por Trajetória Cultural Aldir Blanc. Em 2018, foi agraciado pelo governo britânico com o prêmio Chevening Awards, um programa de bolsa de estudos internacional que permite que profissionais com qualidades de liderança de mais de 160 países e territórios realizem estudos de pós-graduação ou cursos em universidades no Reino Unido. Em 2012, recebeu o Prêmio FUNARTE Marc Ferrez de Fotografia e, em 2005, o Prêmio Porto Seguro de Fotografia, na categoria pesquisas contemporâneas, com a série polaroides (in)visíveis. Neste mesmo ano, foi ainda mapeado pelo Rumos Itaú Cultural.

Em 2004, publicou sua dissertação de mestrado intitulada "Entre a estatueta do Oscar e o Oscar da estatueta"; em 2011, o livro de fotografias do balé O Grande Circo Místico, de Chico Buarque e Edu Lobo; e, em 2013, o resultado de sua experiência na "ação urbana LUGAR: PARANÁ" (viabilizado pelo Prêmio Marc Ferrez).

Em 2013 e 2018 foi curador do CLIF - Curitiba Luz Imagem Fotografia), trabalhou na equipe curatorial da Bienal Internacional de Curitiba (2009, 2013, 2014, 2016 e 2017) e integrou o time de curadores convidados do Photovisa (Rússia) em 2019 e 2020.

Foi um dos artistas convidados da Bienal de Cerveira(2013), em Portugal; Photovisa(2015), na Rússia e Encuentros Abiertos(2008), na Argentina. Participou ainda dos principais festivais de fotografia do país (Paraty em Foco, Fest POA, Foto Arte, Semana da Foto em Curitiba).